terça-feira, 29 de julho de 2014

A escrita não ama


 "Eu os vi chorar por um poeta. Tal qual já não havia mais como retribuir as lágrimas . Eu os vi decorar suas poesias . Talvez porque não lhe desse mais grana fazer aquilo. Eu os vi saber de cór seu nome e de toda sua família. Ví-lo conhecido agora, ví-lo guiado, famoso. 
 Como seria realizar um sonho , mesmo sem saber ? Como seria ver em vida toda essa gente , gritando palavras sem nexo e sendo amadas ? Como seria pra um poeta saber , quantas pessoas leram seu melhor poema , quantas lágrimas fez surgir e ainda mais quantas cessou ? Ah! Mas o mundo não foi feito justo, e não nos cabe a tentativa de mudá-lo. Eu vivo num mundo fútil , vivo onde choram por um poeta morto , revivem suas poesias , seus escritos e até feitos. Decoram aquilo que não teriam dado valor enquanto eram vivos . 
 Que graça ser poeta na vida , se a graça só é lhe dada na morte? 
 Por outro lado, glorificam ídolos , modelos, gente com grana ,ou seja lá o que for, mas que seja bonito, mostre pinta e saiba se divulgar . É possível ouvir quando queixam-se: " vejo humanos, mas não vejo humanidade" , mas têm que parar e pensar : vocês realmente estão buscando humanidade? Vocês realmente querem essa humanidade ? Desejam vivê-la ? Meus caros, me fazem adorar a morte dessa forma com a vida tão depredada, tão exorbitada de glória através da vaidade . Sejam lindas moças, sejam másculos rapazes, mas de qualquer forma não deixem morrer a índole , a ética , o gosto de ajudar a quem precisa e principalmente , não deixem morrer o poeta que há em cada um de vocês . A vida também precisa de poesia . A escrita não ama. Palavras não amam ninguém. Mas o que não cessa o ritmo dentro de cada um , necessita desses rabiscos , necessita de umas estrofes mal feitas ou até de um texto sem pontos, necessita de tudo que faça sentir . Necessita de amar fazer alguém sorrir , para assim , fazê-lo também . 
 Não , poetas não são só poetas quando mortos . Não se deixe levar pelas evidências . Ah meu caro, não mate sua vontade de entender o amor. Se viva poeta . Se viva . E não permita, nunca , que lhe tirem a vontade de sorrir. 
 Eu os vi chorar por um poeta, e vi surgir milhares de novos poetas inspirados por suas frases . "
 Invertendo John Green: A escrita não enterra , ela ressuscita . 

Nenhum comentário: