sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Talvez morrer de amor nao seja uma má ideia



Já pensei em seguir a vida sem rumo , ignorar o destino , e até fazer um roteiro . Já pensei em abandonar as estrelas , e me abrigar num céu completamente sem vida. Já pensei em morrer de amor , mas subitamente , me lembrei que morrer não é uma boa ideia. 
Eram poucas as palavras que eu costumava dizer , mas de toda forma , costumavam ser verdadeiras, se alguém se importa ? Ah, claro que não ! As pessoas não se importam se um “eu te amo” é de coração , ou meramente ensaiado , não se importam se seu sorriso é sincero, ou uma máscara, as pessoas não se importam umas com as outras . Falta de … Fé?! Bem , falta de tudo , principalmente, de amor. Talvez morrer de amor nao seja uma má ideia.
Viver sem razão de alma, viver em razão de brindar as jóias, clamar ao luxo! Esse é o lema do ser humano. Não me sinto humana.
Sinto um coração costurado por lágrimas, me sinto algo inútil ! Ah estrelas, se pudessem fazer mais do que apenas brilhar e enfeitar o céu, se parassem de inspirar as pessoas a comprarem diamantes para copiarem seu brilho … Ah estrelas, se realmente fossem almas coladas no céu, te pediria só mais uma noite, só mais um abraço, só mais um ” eu te amo ” de quem se foi. Ah estrelas, vocês já fazem demais em enfeitar o céu, permitir lendas e deixar o ” ser humano ” curioso… 
Eu queria poder ser uma estrela hoje, talvez um anjo , não sei, queria apenas poder tocar o céu e cada alma levada . Queria um último abraço. Mas não sou uma estrela, pobre eu, quem me dera ser anjo… Sou apenas um ser humano , no meio de seres humanos desumanos. 
Se eu pudesse pedir ao céu um presente, pediria um momento em branco, com um abraço de cada um que conheci… E de resto, pediria confiança .

Nenhum comentário: