sábado, 13 de abril de 2013

Daqui a algum tempo...


E daqui a algum tempo, nada mais será como é, você não vai mais conhecer quem costumava conhecer, e não será mais amigo de quem hoje pode ser um quase-irmão. Daqui a algum tempo seus princípios não vão ser os mesmos, suas escolhas vão ser diferentes, e seu coração já não vai mais funcionar como deveria… Daqui a algum tempo a Terra vai passar a girar mais rápido e você não vai perceber os dias mudarem de data. Daqui a algum tempo, vão se perder todas aquelas pequenas coisas que faziam seu dia feliz, e todas as suas bandas preferidas não vão mais existir. Daqui a algum tempo, o mundo pode até voltar a ser preto e branco, você pode estar sozinho, na sala da sua casa, olhando num espelho e apenas observando as lágrimas caírem da sua face enrugada pelo passar do tempo, e ter apenas porta-retratos para lembrar de como a vida foi, de tantas pessoas que você tinha por perto, e que isso não vai voltar nunca mais. Talvez você tenha sido alguém importante, talvez só mais um nesse mundo. Talvez tenha valido a pena tudo o que fez ou talvez teve muito medo, e não fez nada do presente que te deram: a vida. 
Daqui a algum tempo, pode ser que os pássaros não voem mais como os de hoje, pode ser que eu possa dizer “no meu tempo”, pode ser que eu possa sentir saudades de hoje em dia, pode ser que eu feche meus olhos e possa sorrir, se tudo tiver valido a pena.

Nenhum comentário: